Make your own free website on Tripod.com
PRIMEIROS SOCORROS
Desinformação 
Um tempo atrás  patrulhávamos no Distrito de Sousas, quando deparamos com um aglomerado de pessoas em frente a um bar tentando ajudar um rapaz que estava tento uma crise de ataque epilético.Fomos solicitados para o socorrer, Fomos até a vítima colocamos seu rosto de lado(pois ele estava se afogando), seguramos sua cabeça para que não batesse no chão, Como o asfalto estava muito quente pedimos para que alguém providencia-se um papelão ou algum tipo de forro para que o corpo da vítima não tivesse queimaduras devido a temperatura do asfalto. Então começou uma confusão onde um amigo da vítima não  permitia que colocássemos um papelão em baixo da vítima, segundo ele... não se podia mexer em pessoas que sofriam esse tipo de ataque, esse  acompanhado de outros rapazes  começaram a insultar a guarnição.Triste dia de domingo! Minutos depois, chegou ao local  um comerciante que trazia em sua mão um vidro de vinagre e um punhado de sal e intentava jogar vinagre e sal no rosto da vítima, alegando que assim ensinara sua mãe, A vítima parecia mais uma salada a ser temperada, devido a tamanha falta de informação! 
 

SOCORRER OU "SÓ-CORRER"?

Problemas  acontecem também, quando prestamos os primeiros socorros  a acidentados de veículos automotores, parentes e amigos das vítimas querem a todo custo conduzir o ferido até a unidade mais próxima, sem qualquer cuidado na remoção do paciente,atitude que pode ser muito prejudicial a vítima, no caso de uma lesão na coluna ou costelas, podendo ter perfuração nos pulmões,ou ainda nunca mais poder andar, devido a ação de "SÓ-CORRER"!
Paulo S.