Make your own free website on Tripod.com


Os materiais utilizados na blindagem são extremamente importantes para a qualidade do serviço. Abaixo disponibilizamos algumas informações.

Parte Transparente - Vidros

- Vidros isentos de distorções
- Nível de transparência compatível com os padrões da indústria automobilística
- Proteção interna contra estilhaçamento
- Abertura dos vidros dianteiros com acionamento elétrico

      

Existem dois tipos de vidros no mercado: vidros resinados e vidros de policarbonato. A diferença está no processo de fabricação e nas matérias primas utilizadas.

A - Vidros resinados

Compostos de camadas de vidros "recheados" com resina importada líquida específica para laminação de vidros. Seu processo de fabricação data do início da instalação de blindagens no Brasil (início da década de 90). Houve alguma evolução tecnológica no processo de sua fabricação nestes anos, porém, o principal motivo de sua utilização ainda hoje é o menor custo comparado com o vidro de policarbonato.

B - Vidros de policarbonato ( Nível II / B3 - 17 mm e Nível IIIA / B4 - 21 mm)

Compostos de camadas de vidros "recheados" com resina importada sólida (PVB) e prensados em processo de autoclave (alta temperatura e pressão) com camadas de policarbonato. Sua tecnologia é recente e vem sendo aprimorada a cada ano. O principal motivo de sua utilização é o menor peso comparado com o vidro resinado.

Nota: É falso dizer que o vidro resinado é menos resistente do que o de policarbonato. Ambos conseguem obter os mesmos níveis de resistência. O que diferencia um de outro é que o vidro de policarbonato consegue obter uma dada resistência com menos espessura, portanto menos peso que o vidro resinado.


Fonte: Empresas Especializadas